terça-feira, 14 de junho de 2011

As lindas (e selvagens) praias de Santorini


Santorini é o paraíso. E ponto. O post poderia acabar aqui.

Sabe aqueles lugares que você vê muito em fotos, e quando vê ao vivo se decepciona? Pois é, Santorini NÃO é assim.

Tínhamos a opção de ir a outras ilhas, como Mykonos, e nunca me esqueço do senhor grego, de uma agência em Atenas, que gritava "Four Days!!! Túuuu much for Santorini! Túuuu much for Santorini!" , e nós batemos o pé e fomos só pra lá. Mas aí vai de cada um, acho que as outras ilhas também devem ser o máximo.

Eu havia lido bastante sobre a melhor época para ir às ilhas gregas, e confirmo: é entre o fim de Abril e o início de Junho. Eram os últimos 4 dias da nossa viagem, e tudo foi planejado para chegarmos na ilha no meio de maio, quando o clima já está quente e dá praia (o principal).

E realmente o clima estava ótimo, com bastante sol, e uma brisa leve à noite, e nenhuma muvuca (nem pra ver o Sunset)...Além do visual surreal, das casinhas brancas (ah, descobri o truque! os caras pintam os tetos de branco dia sim dia não! rs), a atração da ilha são as praias...

O visual é bem selvagem, bem diferente das nossas praias de areias claras. A maioria delas têm pedrinhas e no fundo do mar rochas. A água é gelaaaaaaaaaaaaada, mas com sol quente, dava pra entrar tranquilo. Igual às praias do Sudeste brasileiro, estamos acostumados.

As praias, no final de maio, não estavam lotadas, assim como toda a ilha, sempre havia lugares, barracas e espreguiçadeiras disponíveis. Para chegar nelas, têm que pegar ônibus, ou alugar um carro, moto ou quadriciclo.

Em Kamari Beach, a praia com mais estrutura de restaurantes e bares, as espreguiçadeiras podem ser usadas, se você consumir no bar da frente. Se não, custam em média 5,6 euros para usar. A praia é muito gostosa, a água é lindíssima, clarinha. Essa praia fica perto do centro de Fira, mas tem que pegar algum transporte.

Em Perivolas, a estrutura de restaurantes, embora em menor quantidade, é ótima. Ficamos em um que você apertava o botão e o garçom aparecia...kkk Glamour! A areia é pretinha, e o contraste com a cor do mar é único. Fica a uns 20 minutos de Fira, de motinho (ou seja, devagar).

Para chegar à Red Beach, tem que pegar uma mini-trilha, coisa de 5 minutos. Daí você dá de cara com o paredão vermelho, e a praia no fundo, completamente selvagem. É muito diferente... Leve toalha de praia e um lanchinho, pois pelo menos nessa época, não havia nenhum para alugar lá, nem barraca vendendo nada na praia. Fica para o mesmo lado da Praia de Perivolas, a uns 20 minutos de Fira.

Um dia, voltando para Oia, onde estávamos hospedados, passamos em Katharos Beach, uma prainha pequena, quase deserta (tinha 2 casais além de nós...). O fim de tarde lá é bem lindo, o mar é calminho...Ela fica na descida de um morro, também têm uma trilha. Há somente um restaurante no topo da descida. Vale o passeio, mas as outras praias são mais legais. Fica a uns 5 minutos de Oia, de motoca.


Farei mais posts, detalhando como se locomover em Santorini, e onde ficar e comer na Ilha.

Um comentário:

ჱStéfani Aicha disse...

Amo a Grécia. Lindas imagens.
Fiquei feliz de ter encontrado o blog.
Abraços